Spiga

Coitado do camarada


"Coitado do camarada"
Um homem ficou por mais de meia hora com parte do corpo presa num bueiro quando tentava pegar as chaves de um carro que tinham caído acidentalmente na galeria, na tarde desta quinta-feira, em Fernandópolis, interior de São Paulo.

Para pegar as chaves, o soldador Silomar Freitas, 26 anos, ia receber R$ 10 da dona do carro, mas depois de enfiar a cabeça no bueiro, ficou entalado, não conseguiu sair e precisou do socorro do Corpo de Bombeiros.

Os soldados tiveram de usar um equipamento de ar comprimido para quebrar o concreto da tampa do bueiro sem machucá-lo. Durante o tempo todo, Freitas ficou deitado sem camisa, de bruços no asfalto com temperatura de 30ºC e com cabeça inteira dentro da galeria.

A operação dos bombeiros interditou parte da rua Espírito Santo, no centro da cidade, e atraiu a atenção das pessoas que passavam pelo local. Depois de aproximadamente 40 minutos, os bombeiros conseguiram retirar o soldador sob aplausos de dezenas de curiosos que acompanharam a operação de perto.

Com um gancho, os bombeiros conseguiram retirar as chaves. O soldador, que teve escoriações no rosto e na cabeça, foi levado ao pronto-socorro, enquanto a dona do carro, que não quis ser identificada, foi embora sem pagar os R$ 10 ao rapaz.

Matéria retirado do terra: link da matéria

Adicionar esta notícia no Linkk

0 COMENTÁRIOS: