Spiga

Resultado da enquete: "E se seu filho fosse gay?"

Os resultados da enquete foram ótimo. Continuem respondendo!
Fiquei feliz porque ninguém mataria seu filho e nem tentaria mudar ele..
Quem dera mais pessoas pensassem assim, não é?

Bom, em primeiro lugar ficou "Aceitaria e conviveria com seus parceiros normalmente" com 55% dos votos. Mas ainda, batendo quase de igual com 44% dos votos "Ajudaria ele a escolher o caminho certo com terapia". Essa era uma das respostas que eu não esperava tantos votos!

Muitos pais assim que descobrem a homossexualidade nos seus filhos encaminham eles a terapia com psicólogos, ou até parapsicólogos! Quando na verdade que precisaria eram eles mesmos! Não se trata de um distúrbio psicológico. Claro em alguns casos sim, mas os pais não podem levar seu filho com o intuito de mudar ele. Psicólogos nunca fazem mau a ninguém! Mas antes de os pais encaminharem seu filho a um psicólogo, eles devem entende-lo e aceita-lo, passar essa segurança ao seu filho. Pois amor de pais não deve julgar as aparências, deve ser incondicional!

Adicionar esta notícia no Linkk

2 COMENTÁRIOS:

  Big Trucker

23 de julho de 2007 14:05

Hahaha imagine matar o filho, né? Bissurdo.
Ó, fiz o blog. Tá pedreirinho por que ainda não sei mexer e minha amiga que sabe nunca tá em casa.
Mas enfim, é a Yayá amiga da Ju aqui. Beeeijo :*

  juliano

9 de agosto de 2007 23:25

o problema nao esta em os pais procurarem os tratamentos para a TAL DOENÇA o problema esté em os filhos terem que
se explicar por uma coisa que nem se quer se decidiram e o pior de tudo é fazer com que aceitem uma coisa que na
verdade não se tem de escolher é aceitar e pronto. uma pergunta os seus sabem da sua condição?